Brigas em excesso pode ser sinal de imaturidade na relação.

Existem muitos fatores num relacionamento que podem ocasionar brigas em excesso, mas uma coisa que é pouco abordada é o fato de que um dos parceiros e até mesmo os dois são imaturos na relação.

Muita gente confunde maturidade com idade avançada, mas a verdade é que maturidade não se alcança com acúmulo de aniversários e sim com o acúmulo de experiências de vida, especialmente quando a pessoa passa por algum tipo de sofrimento. Por isso vou relatar como é o comportamento de um casal maduro.

Primeiramente um casal maduro tem diálogo entre si, respeita a opinião do outro e concorda quando a opinião do outro é a melhor para o casal. Confiam um no outro e não dão espaço para o ciúmes doentio, tomam decisões juntos e se apoiam mutuamente e procuram crescer como um casal.

Já um casal imaturo briga por qualquer coisinha, disputa poder dentro da relação, quer mandar um no outro, não se apoiam e não confiam um no outro.

Isso tudo trás uma atmosfera carregada para uma relação, ocasionando um ciclo vicioso de brigas. O casal só se dá bem se pelo menos um mandar na relação e o outro obedecer, além de ser muito desgastante para a pessoa oprimida. Muitas mulheres passam por essa situação, onde tem sua auto estima bombardeada por homens rudes e machistas. Assim como tem muitos homens que no velho ditado: “São mandados pela mulher”.

Gostaria de dizer que uma relação para trazer felicidade precisa de equilíbrio. Não estou dizendo que os casais devem ser perfeitos, mas tudo dentro do limite e respeitando o espaço de cada um, com compreensão mútua e amor.

Se a pessoa imatura não procurar melhorar nesses aspectos, dificilmente terá um relacionamento duradouro e acabará por ficar sozinho.

 

Comente